Cerimônia do prêmio "Fala, Professor" acontece hoje em São Jerônimo. Escola Sebastião Colpo é finalista

Data: 06/12/2018

São Jerônimo será o palco da cerimônia de premiação da primeira edição dPrêmio Fala, Professor! dia 6 de dezembro, às 18h30, no Clube do Comércio O concurso promovido pelo fundador das Lojas Lebes, Otelio Drebes, teve a inscrição de 423 projetos realizados por professores do Ensino Fundamental de escolas municipais.  Os seis projetos finalistas são desenvolvidos em escolas de Canoas, Viamão, Pântano Grande, Taquari, Guaíba e Santiago (inscrito através do III Congresso Internacional "Uma Nova Pedagogia Para a Sociedade Futura). Entre os finalistas, há projetos sobre alimentação saudável, alfabetização através da música e da meditação, valorização à leitura e à escrita e energias sustentáveis.

 

A comissão avaliadora contou com 41 especialistas em educação que elogiaram a qualidade dos projetos e o alto número de participantes em apenas cinco meses de concurso. “O objetivo do prêmio foi contemplado, reconhecer escolas municipais e as boas práticas dos professores. A comissão destacou os impactos positivos que os projetos proporcionam nas escolas, nas famílias dos alunos e no envolvimento da comunidade”, avalia a coordenadora pedagógica do Prêmio Fala, Professor!, Janaína Audino.

 

O Prêmio foi dividido em duas categorias, uma para projetos realizados com alunos dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental e outra com turmas dos Anos Finais. Serão premiados professores, diretores das escolas vencedoras e secretários de educação dos municípios nos quais as escolas estão localizadas. Os vencedores ganharão uma viagem a um resort all inclusive na Bahia e mais R$ 2 mil, além disso as escolas dos projetos vencedores (um de cada categoria) receberão R$ 10 mil (cada) a ser usado para melhorias instituição. 

 

O Prêmio promovido pelo empresário visou incentivar projetos de impacto social realizados em escolas municipais e valorizar os professores. Como avalia Drebes, a classe de educadores é fundamental à sociedade, mas no entanto não há a valorização merecida.“Todas as pessoas do mundo passam por um professor. Mais do que ensinar a ler e a escrever, eles ensinam o valor das pessoas”, destaca Otelio Drebes. Nesta edição participaram cerca de 30 cidades nas quais o empresário realizou palestra entre o final do mês de maio e 31 de outubro. São Jerônimo foi o município escolhido para o lançamento do Fala, Professor! em maio e, agora, para a cerimônia de premiação, por ser a cidade berço da rede de Lojas Lebes.

 

Conheça os projetos finalistas:

Canoas 

Projeto: “Fome de Ler” da Escola Municipal de Ensino Fundamental Nancy Ferreira Pansera

Professora: Franciele da Silva

O objetivo do projeto é trazer todo ano um escritor para um sarau com os alunos, o projeto já está no nono ano. O trabalho se inicia no primeiro trimestre, quando se estabelece o contato com o escritor e a compra dos livros com recursos da escola. Os professores desenvolvem várias atividades como pintura, teatro, escrita de poemas inspirados nos livros, etc. No dia do bate-papo com o escritor, cada sala é decorada com a temática de um livro, há a exposição dos trabalhos e, através do teatro, o autor é recepcionado pelos personagens do seu livro.

 

Guaíba

Projeto: “A metodologia da escrita na melhoria do ensino da língua portuguesa” da Escola Municipal de Ensino Fundamental Santa Rita de Cássia.

Professora: Simone Severo

O objetivo do projeto é despertar no aluno o aprimoramento da habilidade da escrita com a prática da reescrita dos seus textos e o interesse em se apropriar da língua padrão.

 

Pântano Grande

Projeto: “Alfabetização através da música e meditação - ALFAMUME” da Escola Municipal de Ensino Fundamental de Pântano Grande

Professora: Rosangela Rosa Lopes

O objetivo do projeto é ensinar aos alunos práticas da meditação para cultivar a consciência corporal, atenção plena na respiração, concentração e atenção aos sentimentos e pensamentos. As atividades são lúdicas, com leituras de textos, e sessões adaptadas de acordo com a faixa etária dos alunos.

 

Santiago

Projeto: “SER - Sustentabilidade Energia Renovável” da Escola Municipal de Ensino Fundamental Sebastião Colpo

Professora: Márcia Batista Menezes

O objetivo do projeto é implementar ações que visem o conhecimento dos alunos nas questões ambientais, demonstrando de forma prática e objetiva possibilidades de aproveitamento de recursos naturais, visando o bem próprio e coletivo.

 

Taquari

Projeto: “Expresso Brasil: uma viagem literária” da Escola Municipal de Ensino Fundamental La Salle

Professora: Fabiana de Paula Machado

O objetivo do projeto é desenvolver estratégias que sensibilize o aluno para a importância da leitura e da escrita no cotidiano, fomentar a pratica da leitura fora da escola e estimular a produção da escrita.

 

Viamão

Projeto: “O mundo Saudável dos Temperos Ervas e Chás, Gastronomia Sustentável” da Escola Municipal de Ensino Fundamental Santa Maria

Professora: Vanderléia de Souza

O objetivo do projeto é conscientizar os alunos e a comunidade sobre os riscos dos temperos industrializados e, a partir disso, educar sobre montagens de mini-hortas orgânicas e a adoção temperos livres de agrotóxicos e componentes químicos. Através das mini-hortas na escola, os alunos aprendem a plantar e colher os próprios temperos, ervas e chás, manter a cidade limpa e por consequência melhorar a qualidade de vida.

 

Crédito das Fotos: Marconi Vasco/Argus Vasco 

Gallery_big_22565169ed6512201c8e6abb90071ae0
Otelio Drebs, fundador do Grupo Lebes e criador do prêmio Fala, Professor..jpg