Equipes da Secretaria de Saúde foram a campo para prevenir contra a febre amarela

Data: 09/07/2019

No final de semana passado, o setor de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde esteve cumprindo etapa do censo vacinal em localidades do interior. As equipes atenderam mais 15 localidades, totalizando 29, com o objetivo de vistoriar carteiras de vacinação e aplicar doses para pessoas que ainda não estavam protegidas contra a febre amarela. Estimativa do Ministério da Saúde aponta que um surto da doença deve chegar ao Rio Grande do Sul em setembro, já que atualmente está se espalhando em outros cidades, como Paraná e Santa Catarina.

A febre amarela é transmitida pelo mosquito Haemagogus a pessoas não vacinadas em áreas rurais. Os casos leves causam febre, dor de cabeça, náuseas e vômitos. Os casos graves podem causar doenças cardíacas, hepáticas e renais fatais. A vacina está disponível em todas as unidades de Santiago.

Gallery_big_09cc7410dadba0392f6beba91bc88ab3
Equipes da Saúde fizeram censo vacina rural em localidades no interior e aplicaram vacinas.