Coordenador da Defesa Civil ressalta que colaboração dos santiaguenses faz a diferença

Data: 25/03/2020

Santiago agiu rápido nas ações de proteção à população, através da organização da Prefeitura, Exército e todas as forças de segurança (Polícia Civil, Brigada Militar, Polícias Rodoviárias Federal e Estadual, Guarda Municipal, Bombeiros, Samu, Susepe, Base Aérea e a Defesa Civil). O momento é de união e de muito esforço para evitar que a pandemia mundial de coronavírus faça vítimas em Santiago. Conforme Paulo Cesar Acosta, que assumiu há pouco a coordenação da Defesa Civil, os santiaguenses estão sendo bastante colaborativos e mantendo o isolamento social, recomendado pela Organização Mundial de Saúde como uma estratégia eficiente na disseminação do vírus. 

Segundo Acosta, o trabalho de monitoramento das entradas da cidade está mobilizando equipes de vários setores da Prefeitura, com mais de 30 pessoas se revezando todos os dias. "Nós estamos na rua, nas operações, para ajudar a cuidar de todos. Inclusive nossos amigos radioamadores estão em Qap, se for preciso. E agradecemos a cada um que está em casa e que também está ajudando a cuidar da saúde pública".

Gallery_big_0ecfeea882899fecdbd598253fd5aac6
Paulo Acosta, novo coordenador da Defesa Civil de Santiago.