Em ação ambiental, alunos da Geraldina fazem replantio de mata ciliar

Em ação ambiental, alunos da Geraldina fazem replantio de mata ciliar

Alunos da escola Geraldina Borges foram levados para uma atividade de replantio de matas ciliares à beira de uma sanga, afluente do Arroio 15, no bairro Riachuelo. Essa atividade está dentro de uma série de iniciativas que marcam a Semana do Meio Ambiente, como o lançamento do Ecodesafio da Reciclagem e a instalação de um Ecoponto no interior.

Acompanhados de seus professores, de integrantes da Secretaria de Meio Ambiente e de técnicos da empresa Químea, de consultoria ambiental, os estudantes entenderam sobre a importância das árvores para impedir o assoreamento de sangas, nascentes e rios e, consequentemente, as causas de muitos dos alagamentos sofridos no Rio Grande do Sul.

Foram plantadas mais de 70 mudas de árvores nativas como pitangueira, ingá e araçá, doadas pela Químea, dentro de um projeto de compensação de emissões de carbono durante a Fecoarti. O replantio de árvores incentiva ações sustentáveis e protege as nascentes e a biodiversidade.