Pila Azul registrou recolhimento de mais de 20 toneladas de recicláveis em um mês

Pila Azul registrou recolhimento de mais de 20 toneladas de recicláveis em um mês

Lançado há poucas semanas, o projeto Pila Azul foi abraçado pela comunidade de Santiago e fortacele- MUITO- o trabalho de coleta de materiais recicláveis, os quais são entregues para a Associação de Recicladores. Só no mês de abril, conforme a secretária de Meio Ambiente, Andriele Martins Peruffo, foram recebidos mais de 22 toneladas de materiais, como papel, plásticos e vidros, repassando para as pessoas as cédulas do Pila Azul, que podem ser usadas para comprar horários em quadras e ginásios esportivos, além da participação em campeonatos.

Os pontos de troca do Pila Azul funcionam na Santiago Pompeu ( segundas, das 14 às 16h) Vila Rica (terças, das 9h às 11h); Ginasião (terças, das 14h às 16); Lulu Genro (quartas, das 9h às 14h); João Evangelista (quartas, das 14h às 16h); Missões e Itu (quintas, das 14h às16h); Castilhos (sextas, das 14h às 16h) e Praça Moisés Viana ( sábados, das 8h às 10h). E em cada dia e horário em que as trocas acontecem, as filas que se forma demonstram a aceitação desse projeto.


Quanto rende?

  • Um quilo de alumínio podem ser trocados por 4 Pila Azul
  • 18 latinhas: Um Pila
  • 10 garrafas pet- Um Pila; 1 quilo de papel ou 10 quilos de vidro: Um Pila Azul
  • 25 garrafinhas pet: um Pila
  • 1 quilo de plásticos: Dois Pilas.

Com o Pila Azul Santiago busca fortalecer a educação ambiental e a prática da sustentabilidade, incentivando a população a separar os resíduos em casa e contribuindo para diminuir o custo com a destinação de resíduos domésticos para o aterro sanitário licenciado. O projeto Pila Azul é mais uma ação positiva em prol do meio ambiente e da qualidade de vida em Santiago.